Angola: Polícia Nacional prende ativistas e reprime protesto

A Polícia Nacional (PN) reprimiu em Luanda o protesto contra a restrição de circulação de mototaxistas em ruas e avenidas da capital angolana, que estava agendado para sábado, 16 de setembro.

Segundo a “DW África”, pelo menos dez ativistas foram detidos enquanto se preparavam para manifestar o desagrado contra as medidas restritivas impostas pelo Governo Provincial aos mototaxistas.

Entre os detidos estão o ativista Adolfo Campos, um dos membros da organização da marcha, e o também ativista e músico Gilson da Silva Moreira, conhecido por “Tanaice Neutro” e que saiu da prisão recentemente, após ter sido condenado pelos crimes de ultraje ao Estado, aos seus símbolos e órgãos.

Pouco antes da detenção, “Tanaice Neutro” tinha dito à “DW África” que uniu-se à manifestação por entender que a restrição em questão vai penalizar o cidadão que beneficia da atividade dos mototaxistas.

“Eu sou angolano, sou do bairro e sou pobre. Estes senhores que querem privar a circulação dos mototaxistas na cidade têm contacto com outros prestadores de serviços de táxi para lhes transportar. E nós, que somos pobres? Quem vai nos levar?”, questionou.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Partidos alertam para a agudização da instabilidade e caos total

Guiné-Bissau: Partidos alertam para a agudização da instabilidade e caos total

A Coligação PAI Terra Ranka e o Fórum para a Salvação da Democracia, que congrega MADEM-G15, PRS e APU-PDGB, reuniram…
Moçambique recebe mais USD 60 milhões do FMI

Moçambique recebe mais USD 60 milhões do FMI

Moçambique vai receber 60 milhões de dólares do Fundo Monetário Internacional (FMI), no âmbito do programa de assistência ao país. …
Cabo Verde: CMP trabalha para resolver reivindicações dos trabalhadores

Cabo Verde: CMP trabalha para resolver reivindicações dos trabalhadores

A Câmara Municipal da Praia (CMP) reafirmou o compromisso de resolver as reivindicações dos trabalhadores. No entanto, sublinhou que muitos…
Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…