Angola: Polícia proíbe manifestação a favor de eleições transparentes

A Polícia Nacional de Angola impediu a manifestação de cerca de 20 ativistas junto da Assembleia Nacional nesta segunda-feira, 30 de agosto, contra o diploma eleitoral em discussão no Parlamento.

Os manifestantes queriam também, com esse evento, “exigir justiça e transparência” no processo eleitoral.

As autoridades decidiram montar um forte e longo cordão de segurança em todo o Parlamento e locais circundantes, com recurso a efetivos da brigada de cavalaria e agentes à paisana.

Muitos dos ativistas presentes no local foram interpelados pela polícia, que os revistou. No entanto, não há qualquer informação sobre detenções.

A manifestação coincidiu com a reunião das comissões especializadas que analisam projetos de lei sobre o sistema eleitoral e o registo, apresentados pelo MPLA, no poder, e pela UNITA, na oposição. Os dois partidos mantêm posições divergentes acerca dos projetos em análise.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin