Angola: PR designa novos juízes para Tribunal Supremo

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, assinou nesta segunda-feira, 20 de março, um decreto a designar novos juízes conselheiros do Tribunal Supremo. 

“Considerando que por concurso curricular para o provimento de vagas de Juízes Conselheiros do Tribunal Supremo foram aprovados os candidatos para o efeito, nos termos da lei orgânica”, começa por referir o decreto. 

“O Presidente da República designa, nos termos da proposta do Conselho Superior da Magistratura Judicial, as entidades que a seguir se mencionam para prover o cargo de Juízes Conselheiros do Tribunal Supremo, nomeadamente Anabela Couto de Castro Valente; António Fernando Neto da Costa, Artur Domingos Gunza, Inácio Paixão, Maria Guiomar Vieira Dias Gamboa Craveiro, Paciência Graça Diaquiesse Dondeiro Simão, Pedro Nazaré Pascoal, Raúl Carlos de Freitas Rodrigues”, pode ler-se.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: PAICV “muito preocupado” com situação das crianças

Cabo Verde: PAICV “muito preocupado” com situação das crianças

O Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) está “muito preocupado” com a situação da infância no país.  Neste…
Moçambique: Nyusi incentiva empresários sul-coreanos a retomarem investimentos em Cabo Delgado

Moçambique: Nyusi incentiva empresários sul-coreanos a retomarem investimentos em Cabo Delgado

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, está a aproveitar a sua estadia na Coreia do Sul para incentivar…
Angola: Aprovada Estratégia Nacional de Prevenção e Repressão da Corrupção

Angola: Aprovada Estratégia Nacional de Prevenção e Repressão da Corrupção

O Governo angolano aprovou a Estratégia Nacional de Prevenção e Repressão da Corrupção nesta segunda-feira, 03 de junho.  Trata-se de…
Guiné-Bissau: Julgamento dos detidos do ‘Caso 1 de Fevereiro’ adiado por incoerências do Tribunal

Guiné-Bissau: Julgamento dos detidos do ‘Caso 1 de Fevereiro’ adiado por incoerências do Tribunal

O julgamento do suposto golpe de Estado de 1 de Fevereiro de 2022 foi adiado. O Tribunal decidiu suspender a…