Angola: PR fala de plano “macabro” para tornar “ingovernável” o país

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, afirmou que está em curso um “macabro plano” para que o país se torne “ingovernável”, segundo o “VOA”. Um dos exemplos dados foi o do “vandalismo e arruaça” ocorridos em Luanda na segunda-feira, 10 de janeiro, durante uma greve de taxistas

Nesse dia houve fogo posto na sede do comité distrital do MPLA, partido no poder, no bairro Benfica, e também em um autocarro do Ministério da Saúde. João Lourenço considera que existe um fomento da vandalização de bens públicos e privados, incitação à desobediência e à rebelião, na tentativa da subversão do poder democraticamente instituído. 

“O que ocorreu na segunda-feira foi um verdadeiro acto de terror cujas impressões digitais deixadas na cena do crime são bem visíveis e facilmente reconhecíveis, e apontam para a materialização de um macabro plano de ingovernabilidade através do fomento da vandalização de bens públicos e privados, incitação à desobediência e à rebelião, na tentativa da subversão do poder democraticamente instituído”, disse na abertura da reunião do Conselho de Ministros realizada nesta quarta-feira, dia 12. 

Após a referência à “paralisação de uma pequena parte dos táxis em Luanda, mesmo depois de o Executivo angolano ter atendido prontamente à principal reivindicação das associações representativas da classe”, o chefe de Estado sublinhou a necessidade de as eleições gerais previstas terem “lugar em ambiente de plena segurança para os eleitores e os observadores”

“Em Angola, a única forma possível e legítima de se disputar o poder político é pela via democrática das eleições”, lembrou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Administrador de Tete entre as vítimas mortais da tempestade Ana

Moçambique: Administrador de Tete entre as vítimas mortais da tempestade Ana

O corpo do administrador do distrito de Tete, José Maria Mandere, foi encontrado na zona de Baixa de Benga. A…
Timor-Leste: Líder do PT é primeira candidata a registar-se nas presidenciais

Timor-Leste: Líder do PT é primeira candidata a registar-se nas presidenciais

A presidente timorense do Partido Trabalhista (PT), Ângela Freitas, foi a primeira a formalizar a sua candidatura às eleições presidenciais,…
Guiné Equatorial: Governo aprova listas de 4 mil empregos públicos

Guiné Equatorial: Governo aprova listas de 4 mil empregos públicos

O Governo equato-guineense aprovou a publicação das listas dos quatro mil empregos públicos oferecidos à população. As listas foram divulgadas…
Revista de Imprensa Lusófona de 26 de janeiro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 26 de janeiro de 2022

Em Portugal o “Observador” escreve que “João Ferreira voltou com a missão de atacar PSD (e Chega). António Filipe chama…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin