Angola

Angola: PR já substituiu membro da UNITA que rejeitou tomar posse

Presidente de Angola, João Lourenço
João Lourenço

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, já substituiu o dirigente da UNITA que rejeitou integrar a Comissão de Gestão do Entreposto Aduaneiro de Angola. David Kisadila tomou essa atitude por ter sabido da sua nomeação pela imprensa, de acordo com o próprio. 

A escolhida para esta substituição foi Rosa Maria Sebastião, técnica do Ministério do Comércio e Indústria que chegou a exercer, igualmente, o cargo de subdiretora administrativa da Escola Nacional de Comércio. 

De acordo com o despacho presidencial de 15 de outubro, mesmo não tendo sido empossado foi dada como “finda a função que David Kisadila vinha exercendo como membro da comissão de gestão” do entreposto. 

Kisadila é quadro sénior do Ministério do Comércio e Indústria e membro do ‘Governo Sombra’ da UNITA. O dirigente do maior partido da oposição no país disse que ficou “surpreendido” com a nomeação e que “não pode ser um modelo indicar pessoas sem que estas sejam previamente consultadas”. 

“Às vezes a minha disposição não é aquela e depois criam essas polémicas todas. Não gostaria de ser um facto polémico para o país ou ser uma bandeira para ser usada para determinado fim”esclareceu então quanto à recusa do cargo. 

“Administrativamente as coisas não se processam assim. Isso é coagir. Isso não se faz. Sou quadro sénior do Ministério do Comércio. Mas quando se trata do Presidente da República é preciso que seja solicitado e que digam que têm esta intenção. Assim manifesto a minha disponibilidade ou não. Depois sou quadro da UNITA. E podem consultar via partido. Se queremos construir uma Angola para todos e essa é uma filiação política, podem consultar o presidente do meu partido”, recomendou, mencionando Adalberto Costa Júnior.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo