Angola

Angola: PR poderá ter contas bloqueadas e viagens proibidas

Presidente de Angola, João Lourenço
João Lourenço

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, arrisca-se a ter as contas bloqueadas e viagens proibidas devido a uma alegada investigação das autoridades norte-americanas. A informação foi avançada pela consultora Pangea Risk.

Segundo esta fonte, as investigações decorrem há cerca de um ano, mas desaceleraram no final de 2020, em resultado do ‘lobby’. No entanto, prossegue, é possível que acelerem nos próximos meses com a administração de Joe Biden, o novo Presidente dos Estados Unidos da América (EUA).

Procuradores norte-americanos estão a investigar João Lourenço, a sua família e parceiros de negócio, uma vez que há a suspeita de violações das leis e regulamentos dos EUA. Caso se venha a confirmar, os visados poderão ter ativos congelados, contas bloqueadas e viagens proibidas.

O alerta surge num relatório com o título “Administração dos Estados Unidos Aumenta a Investigação ao Presidente Angolano e Parceiros de Negócios”, da Pangea Risk. Trata-se de uma consultora especialista em análise de informação para a gestão de risco de negócios em África e no Médio Oriente.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo