Angola: PR quer entrevistas com perguntas previamente enviadas

O Presidente da República (PR) de Angola, João Lourenço, decidiu “reativar” um modelo praticado no passado, em que a comunicação social era obrigada a submeter previamente as questões a serem colocadas ao entrevistado. Esta era uma prática muito usada no tempo do Presidente José Eduardo dos Santos.

Segundo o “Club-K”, a Presidência da República convocou recentemente quatro órgãos de comunicação social para uma limitada entrevista coletiva com o chefe de Estado, agendada para esta quinta-feira, 06 de janeiro. Para este evento foi dada a instrução de as perguntas serem submetidas antes de serem feitas ao entrevistado. 

Numa convocatória atribuída ao assessor de imprensa da Presidência da República, Luís Fernando, pode ler-se que “cada jornalista presente terá a possibilidade de colocar duas (2) questões ao Chefe de Estado”. No entanto, “de modos a organizar devidamente o evento e por forma a evitar que se repitam perguntas, solicitamos que nos envie quanto antes as duas perguntas a fazer ao PR”.

O condicionamento do assessor presidencial tem levado a interpretações de práticas de censura. Luís Fernando justificou que o procedimento se deve a questões de logística, mas pediu confidencialidade em relação ao pedido: “esta informação tem interesse meramente logístico/organizativo, pelo que agradecemos que não seja tornada pública em circunstância alguma”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin