Angola: Presidente do Tribunal Constitucional suspende filiação ao MPLA

A nova Presidente do Tribunal Constitucional de Angola, Laurinda Cardoso, suspendeu a sua filiação ao MPLA para respeitar os termos da alínea a) do n.º 4 do Artigo 19.º dos Estatutos do partido no poder,  combinado com a disposição do n.º 6 do Artigo 179.º da Constituição da República de Angola.

De acordo com o comunicado da 15.ª Reunião Ordinária do Secretariado do Bureau Político do MPLA, dirigida pela vice-presidente da formação política, Luísa Damião, a suspensão ocorre na sequência da nomeação de Laurinda Cardoso para o cargo de Juíza Presidente do Tribunal Constitucional.

Na mesma reunião citada pelo documento, os membros do Secretariado do Bureau Político apreciaram o memorando acerca das audições parlamentares aos Auxiliares do Titular do Poder Executivo, por iniciativa do MPLA, e também o Relatório de Progresso da Comissão de Reformas da Justiça e do Direito.

O Secretariado do Bureau Político analisou igualmente outros documentos, além de ter feito um novo balanço sobre a situação política, económica e social do país.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

O diário de Anne Frank regressa em 2023

O diário de Anne Frank regressa em 2023

Depois de uma temporada de 4 meses no Teatro da Trindade INATEL e com mais de 30 mil espectadores, o…
Angola: Consulado de Portugal abre agendamento para pedido de vistos

Angola: Consulado de Portugal abre agendamento para pedido de vistos

Consulado Geral de Portugal em Luanda anunciou a abertura, no próximo mês de fevereiro, de agendamento para pedido de vistos.…
Timor-Leste: Menos de metade dos beneficiários receberam cesta básica

Timor-Leste: Menos de metade dos beneficiários receberam cesta básica

As autoridades timorenses distribuíram cestas básicas a menos de metade dos beneficiários previstos durante os primeiros seis meses de implementação…
Cabo Verde: Governo fortalece cerco à criminalidade

Cabo Verde: Governo fortalece cerco à criminalidade

A Assembleia Nacional de Cabo Verde aprovou na especialidade, por proposta do Governo, as novas alterações ao diploma que aperta…