Angola: Presidente gasta milhões para a sua Casa de Segurança

chefe de Estado angolano, João Lourenço, autorizou a abertura de um crédito adicional suplementar no Orçamento Geral do Estado (OGE) de 2020 correspondente a 25 mil milhões de kwanzas (31 milhões de euros). 

A quantia visa as despesas relacionadas com a Casa de Segurança do Presidente da República. 

De acordo com o decreto presidencial, esse dinheiro deve ser atribuído de forma faseada, consoante as necessidades de pagamento e depois de estarem esgotadas todas as verbas atribuídas inicialmente. 

Em outro decreto, o governante autorizou igualmente a abertura de um crédito adicional suplementar de pouco mais de cinco mil milhões de kwanzas (seis milhões de euros) para o pagamento das despesas da Inspecção Geral da Administração do Estado.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: Dirigentes públicos sofrem diminuição de salário

Moçambique: Dirigentes públicos sofrem diminuição de salário

Os suplementos dos salários dos dirigentes públicos vão ser reduzidos, no quadro da Tabela Salarial Única (TSU). O objetivo consiste…
Cabo Verde: PAICV diz que povo é condicionado pela criminalidade na Praia

Cabo Verde: PAICV diz que povo é condicionado pela criminalidade na Praia

A deputada Adélcia Almeida, do PAICV, partilhou nesta terça-feira, 10 de janeiro, que o partido verificou no terreno que a população…
Angola: UNITA pede autárquicas e MPLA pede-lhe colaboração

Angola: UNITA pede autárquicas e MPLA pede-lhe colaboração

O secretário provincial da UNITA em Luanda, Nelito Ekuikui, desafiou o Presidente da República de Angola, João Lourenço, a cumprir…
Cabo Verde: UCID teme manifestações internacionais

Cabo Verde: UCID teme manifestações internacionais

O líder da UCID, João Santos Luís, considera importante o “país proteger as instituições democráticas, para se livrar das manifestações…