Angola

Angola prevê aumento de armazenamento de combustível em 2022

Angola prevê aumentar em mais de 50% a sua capacidade de reserva de derivados de petróleo a partir de 2022.

Na quinta-feira, 14 de novembro, foi assinado em Luanda um memorando de entendimento entre Angola e os Emirados Árabes Unidos, prevendo o documento a conclusão, nos próximos três anos (2020, 2021 e 2022), da primeira fase da construção do reservatório de combustível na Barra do Dande, província do Bengo.

De acordo com os dados do Instituto Regulador de Derivados de Petróleos (IRDP), em 2018 a metade dos 700 mil metros cúbicos de derivados de petróleo disponíveis para Angola estava armazenada em reservatórios flutuantes, em vez dos stocks em terra.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo