Angola: Promotores de manifestação pedem abertura de inquéritos ao PGR

Cinco promotores da manifestação marcada para este sábado, 21 de novembro, escreveram ao Procurador-Geral da República (PGR) de Angola, Helder Pitta Gróspara pedirem que fossem abertos oito inquéritos para apurar a responsabilidade civil e criminal por enriquecimento ilícito de muitos agentes públicos. 

Nessa carta pode ler-se que foi pedida a investigação do crime de “associação criminosa praticada pela direção do MPLA liderada pelo senhor José Eduardo dos Santos [ex-presidente da República] que institucionalizou a política de acumulação primitiva de capitalque se traduziu na prática de crimes de corrupção. 

O documento menciona ainda o atual chefe de Estado, João Lourenço, sendo pedido que se investigue “a maneira como se tornou num dos donos do Banco Sol e do Banco Angolano de Investimento”. Foi igualmente pedido para ser analisada a responsabilidade civil e criminal do seu chefe de gabinete, Edeltrudes Costa, com base em denúncias de enriquecimento ilícito. 

Os organizadores da manifestação querem também apurar as responsabilidades de José Eduardo dos Santos e de outros homens fortes do seu regime, os generais Leopoldino Fragoso do Nascimento “Dino”Helder Vieira Dias “Kopelipa” e Manuel Vicente, ex-vice-presidente e ex-presidente da Sonangol, na criação e contratação da empresa Trafigura pelo Estado angolano. 

Outro dos oito inquéritos pedidos foi o da investigação para ser apurada a responsabilidade civil e criminal do atual presidente da Comissão Nacional Eleitoral, Manuel Pereira da Silva “Manico“, cuja escolha foi contestada pela oposição angolana.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: Dirigentes públicos sofrem diminuição de salário

Moçambique: Dirigentes públicos sofrem diminuição de salário

Os suplementos dos salários dos dirigentes públicos vão ser reduzidos, no quadro da Tabela Salarial Única (TSU). O objetivo consiste…
Cabo Verde: PAICV diz que povo é condicionado pela criminalidade na Praia

Cabo Verde: PAICV diz que povo é condicionado pela criminalidade na Praia

A deputada Adélcia Almeida, do PAICV, partilhou nesta terça-feira, 10 de janeiro, que o partido verificou no terreno que a população…
Angola: UNITA pede autárquicas e MPLA pede-lhe colaboração

Angola: UNITA pede autárquicas e MPLA pede-lhe colaboração

O secretário provincial da UNITA em Luanda, Nelito Ekuikui, desafiou o Presidente da República de Angola, João Lourenço, a cumprir…
Cabo Verde: UCID teme manifestações internacionais

Cabo Verde: UCID teme manifestações internacionais

O líder da UCID, João Santos Luís, considera importante o “país proteger as instituições democráticas, para se livrar das manifestações…