Angola: Samakuva exonera Secretário Provincial da UNITA em Luanda

O líder da UNITA, Isaías Samakuva, decidiu exonerar Nelito Ekuikui do cargo de Secretário Provincial do partido em Luanda. A informação foi avançada pela imprensa angolana nesta segunda-feira, 01 de novembro, tendo a exoneração sido realizada através de um despacho presidencial. 

Foi Ekuikui quem divulgou o sucedido. “Não somos perfeitos, e se alguém disser que o fomos estaria mentindo. Falhamos, e só falhamos porque fizemos, não paramos, trabalhamos, não descansamos, ousamos e galgamos, plantamos bases suficientes das quais nos orgulhamos”, concluiu. 

O político acrescentou que os angolanos são testemunhas daquilo que a sua direção produziu, do ritmo e da aceleração, da comunicação e da proximidade, do carinho e do amor. 

“Nos mercados estivemos com as zungueiras, cantámos o canto da esperança e da vitória, criámos sorrisos em cada rosto, provocámos visões, imaginámos uma Angola livre. Reunimos e discutimos o país com os estudantes, com sindicatos, com jornalistas, com todas as classes sem discriminação nenhuma. Fomos falar com cada militante, dissemos a cada um o quão é importante a sua presença no partido, fomos lá no fundo energizar aquele militante que deu todas forças pela causa”, prosseguiu. 

O ex-Secretário Provincial garantiu que vai continuar a servir o país e a UNITA de várias maneiras, em várias frentes, porque considera que os cargos nunca devem ser eternos, devendo haver dinâmicas e rotatividades. 

No final, agradeceu ao presidente Samakuva pelo que considera ter sido uma sábia escolha indicá-lo para a referida função, e agradeceu igualmente pelo facto de o dirigente ter notado que, para o momento, outra pessoa devia servir. “E nós estaremos aqui sempre disponíveis para qualquer missão que nos for incumbida pelo partido. Estamos também ávidos do compromisso que temos, em servir com muitas energias porque o congresso está a porta”, finalizou. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin