Angola: SINSE quer difamar Costa Júnior com associação à pedofilia

Os Serviços de Inteligência e Segurança do Estado (SINSE) estão a ser acusados de terem pressionado médicos para que prestassem falsas declarações contra o líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior, no crime de violação de menores.

A informação foi revelada pelo próprio dirigente do maior partido da oposição no país, durante uma entrevista dada em Luanda nesta segunda-feira, 15 de março. Segundo Costa Júnior, há aproximadamente um mês certos médicos de um hospital público foram ao seu encontro.

Esses médicos afirmaram, alegadamente, que estavam a ser pressionados por supostos indivíduos ligados aos órgãos de inteligência para fazerem uma denúncia falsa contra si, acusando-o de violação sexual contra menores.

Nessa entrevista disse ainda que o Presidente da República, João Lourenço, pior do que José Eduardo dos Santos.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Timor-Leste: Xanana quer que setor privado seja motor de desenvolvimento

Timor-Leste: Xanana quer que setor privado seja motor de desenvolvimento

O político timorense Xanana Gusmão desafiou o setor privado do país a ser motor de desenvolvimento sem estar dependente do…
Angola: MPLA fala sobre projetos estruturantes no Zaire

Angola: MPLA fala sobre projetos estruturantes no Zaire

O primeiro secretário do MPLA na província do Zaire, Adriano Mendes de Carvalho, reafirmou o compromisso do partido no poder…
Cabo Verde: UCID critica falta de recursos na PJ no Mindelo

Cabo Verde: UCID critica falta de recursos na PJ no Mindelo

A UCID denunciou publicamente a falta de recursos humanos, materiais, financeiros e tecnológicos no Departamento de Investigação Criminal da Polícia…
Comissão Europeia e Conselho Europeu consideram China uma ameaça

Comissão Europeia e Conselho Europeu consideram China uma ameaça

Os presidentes da Comissão Europeia e do Conselho Europeu, Ursula von der Leyen e Charles Michel, respetivamente, reconheceram nesta terça-feira,…