Angola

Angola tem nova força política que quer alcançar o poder

angola; bandeira

A Democracia Nacional e Equilíbrio dos Angolanos (DNEA) é a mais recente formação política em Angola. Tal como as restantes, pretende alcançar o poder ou equilibrar a Assembleia Nacional, após o MPLA encontrar-se no topo desde 1975. 

Em vias de legalização no Tribunal Constitucional, a DNEA assume-se como uma forte concorrente aos partidos políticos já existentes, principalmente aqueles ligados aos movimentos de libertação, como o MPLA, a UNITA e a FNLA. 

A DNEA surge então poucos meses antes das eleições gerais, marcadas para 2022, e das primeiras eleições autárquicas. Estas últimas estavam previstas para 2020, mas não chegaram a ser convocadas pelo Presidente da República, João Lourenço. 

Fundada a 07 de janeiro de 2020, a DNEA trata-se de um partido com matriz filosófica de centro-direita e é liderada por Mboso Camille para servir de alternativa aos angolanos que esperam ver os seus anseios resolvidos. 

Camille disse em entrevista que a organização política encontra-se na fase da recolha das assinaturas para a sua efetiva legalização. “Realmente já fomos credenciados como Comissão Instaladora, um acto que ocorreu há algumas semanas e, nesse preciso momento, estamos a reunir as condições exigidas para fazer a inscrição e consequente legalização como partido político no Tribunal Constitucional”esclareceu. 

O objetivo desta força política, prosseguiu, é proporcionar uma governação mais aberta e mais participativa, em que todos os cidadãos, independentemente da sua origem, possam rever-se.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo