Angola: Trezentas equipas de vigilância epidemiológica vão fazer “busca ativa” de casos suspeitos de Covid-19

Em Angola, trezentas equipas de vigilância epidemiológica estão espalhadas por todo o país para fazer uma “busca ativa” de casos suspeitos de Covid-19.

A informação foi avançada pelo Secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, que informou que estas equipas estão destacadas para dar resposta a casos de denúncia ou suspeita de Covid-19.

Franco Mufinda adiantou ainda que a partir da próxima semana irão ser usados no combate à pandemia os aparelhos de testes utilizados para análises da baciloscopia (teste da tuberculose), e que estão instalados em 15 das 18 províncias.

Em conferência de imprensa, o Secretário de Estado salientou também que com o levantamento da cerca sanitária regressaram ao país 7 307 pessoas, que irão ficar em quarentena domiciliar.

Em Angola já morreram duas pessoas relacionadas com a Covid-19,e  existem 19 casos positivos, com cinco recuperações. Os 12 casos restantes estão em observação com registo de sintomas leves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

O Banco de Moçambique decidiu cancelar o registo de 15 operadores de microcrédito. Estes passam a estar assim proibidos de…
Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça acordaram que vão facilitar a emissão de vistos de curta duração, divulgou o Ministério dos Negócios…
Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

O Vice-Presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), Domingos Barreto, informou que o debate público dos candidatos à Presidência da…
Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, confere posse a Adriano Maleiane nesta sexta-feira, 04 de março. O ex-ministro da…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin