Angola: UNITA convoca XIII Congresso Ordinário para 04 de dezembro

Na primeira reunião extraordinária da Comissão Política da UNITA, realizada esta quarta-feira, 20 de outubro, foi convocado para 04 de dezembro o XIII Congresso Ordinário. Nesse evento será eleito o sucessor do atual presidente do partido, Isaías Samakuva

Recorde-se que o Tribunal Constitucional de Angola anulou o congresso que tinha sido realizado em novembro de 2019, do qual saiu eleito Adalberto Costa Júnior. Foi nesse âmbito que Samakuva, antecessor de Costa Júnior, teve de voltar ao poder neste mês de outubro. 

Os participantes na reunião extraordinária da Comissão Política da UNITA concluíram que o acórdão nº 700/2021 do Tribunal Constitucional “é político e encerra uma armadilha política para se alcançar um objetivo político, o de dividir a UNITA, travar o amplo movimento social para a mudança e inviabilizar a alternância do poder”.  

Para a maior organização política na oposição no país existe um “retrocesso do Estado de Direito e Democrático em Angola”. O MPLA é acusado de “sequestro das instituições da República, por intermédio dos serviços secretos e dos gabinetes de ação psicológica”.  

Apoiantes de Costa Júnior prometeram mais manifestações 

No mesmo dia em que decorreu a reunião extraordinária da Comissão Política da UNITA, apoiantes de Adalberto Costa Júnior juntaram-se nas ruas e prometeram fazer vigília e manifestações caso não fosse convocado o XIII Congresso Ordinário nos próximos dias. 

Estiveram presentes dezenas de militantes e membros da sociedade civil, de acordo com a imprensa local. O objetivo era pressionar Samakuva a convocar o congresso. 

Se não tivesse sido decidida a data para o congresso, 04 de dezembro, a promessa era de que iriam continuar nas ruas. Isto porque acreditam que só com Costa Júnior a UNITA estará mais forte para alcançar a vitória nas próximas eleições, previstas para 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: Correia e Silva quer Economia Digital a valer 25% do PIB

Cabo Verde: Correia e Silva quer Economia Digital a valer 25% do PIB

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, tem como meta fazer com que a Economia Digital contribua com 25% do Produto Interno Bruto (PIB). Este objetivo…
Grécia quer cooperar com Angola na Segurança Marítima

Grécia quer cooperar com Angola na Segurança Marítima

A Grécia manifestou a Angola o seu desejo de estabelecer cooperação nos domínios da Segurança Marítima, Comércio, Turismo, Indústria, Agricultura e Inovação. Essa…
Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

A presidente do Instituto Nacional de Gestão e Redução do Risco de Desastres (INGD) Luísa Meque, apelou às comunidades que residem nas…
Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Os trabalhadores timorenses na Coreia do Sul já enviaram para Timor-Leste, de 2009 a 2021, cerca de 39 milhões de dólares…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin