Angola: UNITA defende mais dignidade para ex-combatentes

O Secretariado Executivo do Comité Permanente da Comissão Política da UNITA apelou ao Governo angolano para que materializasse as “boas intenções” e revertesse então o quadro dos ex-combatentes e veteranos da Pátria. Isto porque consideram o mesmo pouco benéfico para os visados.

O pedido foi feito através de um comunicado por ocasião do 60.º aniversário do Início da Luta Armada de Libertação Nacional. No documento o secretariado do órgão de cúpula do maior partido da oposição em Angola afirmou que era “preciso fazer muito mais para a dignidade de todos quantos tornaram o 4 de Fevereiro numa das datas memoráveis da História angolana”

“A homenagem do Estado angolano aos homens e mulheres que não regatearam esforços, nem olharam a meios para enfrentar o sistema colonial de António Salazar, não se deve resumir à existência de um Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, de uma data de Celebração Nacional e de algumas leis”, concluiu.

Para a UNITA, “Angola é, hoje, um Estado Democrático e de Direito em difícil construção”. A observação deve-se ao facto de, “apesar das conquistas políticas alcançadas e do incalculável sacrifício consentido, a condição social e económica dos angolanos, em geral, e dos antigos combatentes e veteranos da Pátria, em especial, está longe de corresponder aos sonhos que os motivaram para a luta contra o poder colonial, em 1961”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin