Angola: UNITA diz que “combate contra a corrupção começou a ficar disforme”

O primeiro-ministro sombra da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), Raúl Danda, declarou em entrevista sobre o combate à corrupção que, “com a tomada de posse e o ajeitar-se no cadeirão, o esquecimento começou a apoderar-se do Presidente” João Lourenço.

Em 2017, lembrou, o chefe de Estado angolano escolheu a institucionalização das autarquias locais em Angola e o combate à corrupção como bandeiras, acrescentando que “o combate contra a corrupção começou a ficar disforme, de tal modo que hoje ninguém sabe bem onde ele passou a morar”.

“Não sei se influenciado pelo seu partido, de que viria a tornar-se chefe máximo”, realçou.

Também de acordo com Danda, “a institucionalização das autarquias locais começou a falar mandarim (língua chinesa) e já não estamos a perceber mais nada”.

“Em bom português, ouvimos a voz mais autorizada do país dizer que as primeiras eleições autárquicas teriam lugar neste ano de 2020. Chamou-se o Conselho da República, ouviu-se todo este mundo e metade do outro mundo também e as primeiríssimas eleições autárquicas pareciam ter ficado aprazadas mesmo para 2020”, referiu.

“O recado que agora nos chega aos ouvidos é que quem ouviu 2020 ouviu mal, pois o nosso Presidente afinal queria dizer ao longo do mandato que, como faz questão de recordar e como se alguém disso se tivesse esquecido, vai até 2022”, partilhou ainda.

Para o deputado, “no mês de julho vai para discussão, na generalidade, mais uma Lei sobre o Regime e Formulário dos Actos da Autarquia Local e em Agosto, essa Lei conhecerá a sua votação final global”.

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: UNITA marcha neste sábado pela liberdade

Angola: UNITA marcha neste sábado pela liberdade

A UNITA convocou no início do mês uma marcha pela liberdade para este sábado, 24 de setembro. O evento foi…
STP: Partido Novo quer criar gabinete para incentivar a emigração

STP: Partido Novo quer criar gabinete para incentivar a emigração

O presidente do Movimento para o Progresso – Partido Novo, Abílio Espírito Santo, tem partilhado a sua experiência como emigrante durante…
STP: MLSTP e ADI terminam campanha com apelos para maioria absoluta

STP: MLSTP e ADI terminam campanha com apelos para maioria absoluta

Os maiores partidos de São Tomé e Príncipe, MLSTP e ADI, encerram a campanha eleitoral nesta sexta-feira, 23 de setembro, fazendo os…
NASA: Com a cabeça na lua

NASA: Com a cabeça na lua

E eis que a Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço (NASA) volta a estar nos holofotes da comunicação social. Tudo…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin