Angola: UNITA entrega reclamação com efeitos suspensivos dos resultados

A UNITA anunciou nesta terça-feira, 30 de agosto, a entrega de uma reclamação com efeitos suspensivos dos resultados das eleições que foram divulgados pela Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola.

O maior partido da oposição, que ficou oficialmente em segundo lugar nas eleições gerais de 24 de agosto, declarou que não foi notificado da decisão. De acordo com o Secretariado Executivo do Comité Permanente da Comissão Política, só tomou conhecimento dos resultados anunciados na segunda-feira, dia 29, por intermédio dos órgãos de comunicação social públicos.

Ainda através de um comunicado, reiterou que não reconhece os resultados da CNE enquanto não forem decididas as reclamações já em sua posse. Outra queixa da UNITA consiste no facto de não ter sido notificada da decisão do plenário onde foram mencionados os referidos resultados, além de não ter recebido cópia da acta do apuramento dos resultados definitivos do sufrágio, como estipula a lei.

“Neste contexto aproveita informar a opinião nacional e internacional que dentro dos prazos legais fará entrada de uma reclamação que terá os efeitos suspensivos da declaração dos resultados definitivos apresentados pela CNE”, lê-se ainda no comunicado.

Segundo a formação política, “é do interesse de todos os angolanos que a CNE não se furte a comparação das actas síntese em posse dos partidos políticos, resultantes da vontade popular, expressa nas urnas, que representa a verdade eleitoral”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

O Presidente do Município da Cidade de Quelimane, na Província da Zambézia, Manuel de Araújo, prometeu, na tarde de 4…
Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

O Produto Interno Bruto (PIB) não-petrolífero de Timor-Leste cresceu 3,9% em 2022, de acordo com os dados provisórios do Ministério das Finanças. …
Brasil: Polícia vai investigar Bolsonaro por crimes durante a pandemia 

Brasil: Polícia vai investigar Bolsonaro por crimes durante a pandemia 

O novo diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Passos, disse que a corporação irá investigar eventuais crimes praticados durante o governo do…
Ucrânia: Economia caiu 30,4% devido ao conflito com a Rússia

Ucrânia: Economia caiu 30,4% devido ao conflito com a Rússia

A economia ucraniana baixou 30,4% em 2022. O motivo deve-se à invasão russa, iniciada a 24 de fevereiro.  Trata-se de uma…