Angola: UNITA reconhece maior tolerância política na província do Huambo

O antigo secretário da UNITA na província do Huambo, Liberty Chiaka, reconheceu no sábado, 23 de novembro, que houve no local, ao longo destes últimos anos, uma evolução significativa em relação ao espírito de tolerância entre os militantes dos vários partidos políticos.

Esta observação foi feita na altura em que o político se despedia dos militantes do Planalto Central, aos quais serviu como secretário provincial durante nove anos, entre 2010 e 2019, antes de ter sido designado, recentemente, como presidente do grupo parlamentar da UNITA.

Actualmente, acrescentou, os militantes do maior partido na oposição em Angola podem andar à vontade em todos os lugares da província, sem estarem expostos a qualquer perigo, já não correndo risco de intolerância política.

“A província do Huambo foi o bastião da intolerância política e do medo, a nível do país, mas tornou-se nos últimos anos numa região tranquila, pacífica e segura”, frisou, relembrando o compromisso da formação política na promoção da cultura de paz e da unidade e reconciliação nacionais.

Chiaka orientou os militantes no sentido de apoiarem, com toda a dedicação, empenho, comprometimento e responsabilidade, o próximo secretário provincial, que será empossado nesta terça-feira pelo novo presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, eleito durante o XIII Congresso Ordinário, realizado de 13 a 15 deste mês em Luanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Rússia recusa discutir segurança nuclear em Chernobyl

Rússia recusa discutir segurança nuclear em Chernobyl

A Rússia rejeitou nesta segunda-feira, 07 de março, a proposta da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) para uma reunião…
Moçambique: INSS apela a contribuintes da empresa Dougongo Cimentos a aderir ao uso do sistema on-line

Moçambique: INSS apela a contribuintes da empresa Dougongo Cimentos a aderir ao uso do sistema on-line

A brigada da Delegação distrital do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) de Matutuine, na província de Maputo, deslocou-se, na…
Cabo Verde: Walter Barros luta contra a criminalidade com o projeto “Believe”

Cabo Verde: Walter Barros luta contra a criminalidade com o projeto “Believe”

O projeto “Believe”, foi criado dentro da cadeia de são Martinho pelo Walter Barros, em novembro de 2017 depois de…
Guiné Equatorial acolhe delegação da CPLP

Guiné Equatorial acolhe delegação da CPLP

Uma delegação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) aterra na Guiné Equatorial esta segunda-feira, 07 de março, segundo…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin