Angola vê reserva alimentar ameaçada pela Covid-19

Economistas e empresários mostram-se preocupados com a reserva alimentar em Angola, encontrando-se a mesma prevista para três meses, enquanto se combate o novo coronavírus (Covid-19).

Uma vez que o país importa 80% dos produtos da cesta básica, os especialistas consideram exagerada a procura face aos estragos da pandemia.

Após um encontro entre operadores do comércio e o novo ministro do setor, Víctor Fernandes, o economista Janísio Salomão alertou para a conjuntura internacional e reduziu a estimativa. A empresa da área alimentar referiu que o aumento da procura é equiparado a um cenário da quadra festiva.

Depois de ter terminado a correria imposta pela seca, com o Governo e o setor privado já na redefinição da fórmula para o combate à fome, a produção nacional voltou a ser submetida a um novo teste, desta vez devido à Covid-19, que coloca centenas de cidadãos à porta dos centros comerciais.

De acordo com o empresário Paulo Neves, ligado ao setor alimentar, “as pessoas, dentro das parcas possibilidades financeiras, fazem reservas a contar com a baixa do stock e a deterioração da situação da doença’’. No entanto, “com este exagerar do consumo das pessoas, do precaver para dias piores, vai haver problemas nos armazéns e nas lojas”.

Se tal cenário continuar, admite-se que o stock não irá aguentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

O Banco de Moçambique decidiu cancelar o registo de 15 operadores de microcrédito. Estes passam a estar assim proibidos de…
Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça acordaram que vão facilitar a emissão de vistos de curta duração, divulgou o Ministério dos Negócios…
Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

O Vice-Presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), Domingos Barreto, informou que o debate público dos candidatos à Presidência da…
Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, confere posse a Adriano Maleiane nesta sexta-feira, 04 de março. O ex-ministro da…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin