CASA-CE confirma candidatos à Presidência e Vice-Presidência de Angola

O dirigente da CASA-CE, Manuel Fernandes, está confirmado como candidato a Presidente da República de Angola nas eleições gerais, previstas para agosto. O “Jornal de Angola” avança também que o deputado Alexandre Sebastião André é o candidato a Vice-Presidente da República. 

A informação foi avançada por uma fonte da coligação neste domingo, 30 de janeiro. Os dois candidatos mencionados vão ser apresentados esta segunda-feira, num acto que vai marcar a abertura do ano político da CASA-CE. 

Recorde-se que Alexandre Sebastião André é líder do grupo parlamentar da CASA-CE e presidente do PADDA-AP, uma das seis formações políticas coligadas. 

Ao todo, a CASA-CE é composta por seis forças políticas, entre as quais o já referido PADDA-AP, o PNSA, PALMA, PPA, PDP-ANA e o BD. Entretanto, este último já confirmou que vai sair da coligação, estando apenas a aguardar o fim da atual legislatura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin