Costa Júnior refere mal-estar diplomático entre Angola e Guiné-Bissau

O líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior, denunciou um alegado mal-estar diplomático entre Angola e Guiné-Bissau. O motivo deve-se ao facto de o Governo angolano ser acusado de negar acreditação à nova missão diplomática da Guiné-Bissau em Luanda. 

Esse mal-estar tem a ver, alegadamente, com o facto de o Presidente da Guiné-Bissau, Sissoco Embaló, criticar o homólogo de Angola, João Lourenço, sobre a alegada “interferência” em assuntos internos. 

As declarações de Costa Júnior foram feitas durante um debate sobre reformas políticas em Angola. Nessa ocasião classificou o assunto como “ações graves” do Governo angolano no âmbito de uma alegada retaliação à Guiné-Bissau. 

O país dirigido por João Lourenço não tem um embaixador nomeado para a Guiné-Bissau desde 2020, altura em que Daniel António Rosa deixou Bissau para assumir a chefia da diplomacia angolana em Singapura. Luanda não nomeou cônsul em Bissau, de acordo com a lista de titulares de Angola em diferentes representações diplomáticas. 

O dirigente da UNITA acrescentou que Luanda também não acreditou a embaixadora sugerida pelo Governo de Sissoco Embaló para Angola. “Tomei conhecimento na Guiné que a Guiné-Bissau retirou o embaixador de Angola e ficou sem embaixador. E pior ainda, que as cartas credenciais para a nomeação da [nova] embaixadora em Angola não foram aceites. Isso é grave”, finalizou. 

A relação entre ambos os países terá piorado após os resultados polémicos das eleições presidenciais na Guiné-Bissau. Em março do ano passado, Sissoco Embaló, lançou “farpas” a João Lourenço, ao acusá-lo de interferir nos assuntos internos do seu país e também de perseguir a família do ex-Presidente José Eduardo dos Santos.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: Aprovada Estratégia Nacional para a Erradicação da Pobreza Extrema até 2026

Cabo Verde: Aprovada Estratégia Nacional para a Erradicação da Pobreza Extrema até 2026

Janine Lélis, Ministra da Presidência do Conselho de Ministros e dos Assuntos Parlamentares, anunciou que já foram definidas “as ações…
Timor-Leste: Ramos-Horta contra "acto de vandalismo" no Brasil

Timor-Leste: Ramos-Horta contra "acto de vandalismo" no Brasil

O Presidente timorense, José Ramos-Horta, manifestou-se contra a invasão a instituições democráticas brasileiras, ocorrida em Brasília neste domingo, 08 de…
Moçambique: Chuvas matam três pessoas em Cabo Delgado

Moçambique: Chuvas matam três pessoas em Cabo Delgado

As chuvas intensas que caíram nos últimos dias, no distrito de Chiúre, região sul de Cabo Delgado, causaram a morte…
Cabo Verde: PR condena "actos violentos antidemocráticos" no Brasil

Cabo Verde: PR condena "actos violentos antidemocráticos" no Brasil

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, condenou neste domingo, 08 de janeiro, os “actos violentos antidemocráticos”…