Angola

Governo deve mais de 500 milhões de dólares às companhias áreas que operam em Angola

A dívida de Angola para as companhias áreas estrangeiras está avaliada em 540 milhões de dólares, disse o presidente do Conselho de Administração da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), Alexandre Juniac, escreve o portal AngoNotícias. Alexandre Juniac garantiu que, para fazer face à dívida, que até dezembro se fixou em 540 milhões de dólares (441,5 milhões de euros), a IATA elaborou um plano de 12 meses já apresentado ao Governo angolano com o intuito de se desbloquear a situação.

O responsável considerou ainda crítica a situação dos bloqueios impostos para as transportadoras repatriarem os seus rendimentos, alertando que a situação pode impedir companhias de voar para Angola.

O presidente da IATA explicou ainda que a questão dos recursos bloqueados não se regista apenas em Angola, mas em mais oito países africanos, argumentando que apesar de estes países estarem a viver grande problemas económicos a “saída não é bloquear recursos”.

A par da questão dos fundos bloqueados, o presidente da IATA identificou igualmente outros três desafios urgentes para os governos de Angola e de outros países africanos “para uma aviação saudável e forte”, começando pela conectividade.

Alexandre Juniac, que enalteceu também o volume de investimentos do Estado angolano para “melhorar as infraestruturas, o controlo do tráfico aéreo e também dos aeroportos”, sublinhou ainda a necessidade da expansão eficiente da infraestrutura.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo