Angola | Guiné Equatorial

Guiné Equatorial quer investir no setor do gás em Angola

Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang

A Guiné Equatorial declarou ao Governo angolano o interesse que tem em investir em Angola no setor do gás e também em construir, de raiz, a refinaria da província de Cabinda. A revelação foi feita à imprensa pelo ministro das Minas e Hidrocarbonetos equato-guineense, Gabriel Mbaga Obiang Lima.

De acordo com o próprio, que é filho do Presidente equato-guineense Teodoro Obiang Nguema Mbasogo e que está em Luanda a participar na conferência Angola Oil & Gas 2019, a manifestação do interesse das autoridades de Malabo já foi expressa ao Governo angolano.

Malabo está interessada na construção da refinaria de Cabinda, o que, segundo o governante, pode ser também uma porta de entrada para outros investimentos em Angola por parte da Guiné Equatorial, um dos principais produtores de petróleo em África.

A participação de Gabriel Mbaga Obiang Lima no Angola Oil & Gas 2019 tem como objetivo a procura de oportunidades de investimento, uma vez que no evento encontram-se muitos dos grandes ‘players’ internacionais do setor, não só em Angola como também noutros países. A presença da Guiné Equatorial no certame deve-se ainda ao facto de estar a ser celebrado o Ano Internacional da Guiné Equatorial, o que permite que o país participe em várias conferências africanas ligadas ao setor, concluiu o ministro.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo