III Encontro do Comité Central do MPLA apresenta candidatos às Eleições Gerais de 2017

A III Reunião Ordinária do Comité Central do partido MPLA (Movimento pela Libertação de Angola) decorreu esta sexta-feira, no Complexo Turístico Futungo 2 em Luanda.

Durante esta sessão foi discutido o plano de estratégia para a pré-campanha eleitoral e os projetos de regulamento das estruturas do MPLA. No fim da reunião, ficou também conhecida a lista com os 220 candidatos a deputados do Partido, à Assembleia Nacional.

Na reunião esteve presente o Presidente da República José Eduardo dos Santos, que esclareceu qualquer dúvida sobre a sua eventual recandidatura à presidência de Angola. A representar o partido MPLA, o candidato à Presidência da República é João Lourenço. Para vice-presidente foi avançado o nome de Bornito de Sousa.

No final do encontro do Comité Central do MPLA, o Presidente da República José Eduardo dos Santos referiu: “É nossa tarefa organizarmos uma campanha eleitoral que convença todos os militantes, amigos e simpatizantes do MPLA, e o povo em geral a votarem no nosso partido. A nossa marca de campanha estará no boletim de voto como foi no passado. É a bandeira do MPLA e a cara do nosso candidato”.

Por outro lado, o líder do partido da oposição UNITA, Isaías Samakuva, anunciou que vai deixar as funções de liderança depois das Eleições Gerais. O líder referiu ainda que “a UNITA será o partido mais votado caso as eleições presidenciais sejam justas, livres e transparentes”.

Assim, foi confirmado hoje o cabeça de lista do partido MPLA na candidatura às eleições presidenciais de agosto de 2017. João Manuel Gonçalves Lourenço é natural de Benguela, nascido a 5 de março de 1954. Teve vários cargos no próprio partido (MPLA) e uma vasta carreira política. Foi Presidente da Comissão Constitucional da Assembleia Nacional, e vice-Presidente do mesmo órgão, Secretário-geral do MPLA, Chefe da Direção Política Nacional das Forças Armadas e Comissário das províncias do Moxico e de Benguela. João Lourenço é Ministro da Defesa desde 2015.

O candidato a vice-Presidente é Bornito de Sousa Baltazar Diogo. Nasceu na província de Malanje a 23 de julho de 1953. Na vida política, começou por ser o primeiro Secretário Nacional da organização juvenil do partido MPLA, a JMPLA. Foi Presidente do Grupo Parlamentar do MPLA, Presidente da Comissão de Relações Exteriores da Assembleia Nacional e Presidente da Comissão de Assuntos Jurídicos, Regimento e Mandatos do mesmo órgão. Presidiu também a Comissão Constitucional da Assembleia Nacional e foi vice-presidente da Assembleia Parlamentar Paritária ACP-UE. É Ministro da Administração do Território desde 2010.

A ida às urnas em Angola está agendada para agosto deste ano.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Paulo Pisco volta a ser presidente da subcomissão das diásporas

Paulo Pisco volta a ser presidente da subcomissão das diásporas

O deputado Paulo Pisco, eleito pelo círculo da Europa para atuar na Assembleia da República de Portugal, foi reeleito, por…
Guiné Equatorial mantém 51.º lugar do IIAG

Guiné Equatorial mantém 51.º lugar do IIAG

A Guiné Equatorial manteve o 51.º lugar no Índice Ibrahim de Governação Africana (IIAG) 2022, de acordo com um relatório…
Angola: BNA estima taxa de inflação entre 9 e 11%

Angola: BNA estima taxa de inflação entre 9 e 11%

O Banco Nacional de Angola (BNA) prevê uma taxa de inflação entre 9 a 11% até ao final de 2023.…
Portugal tem recrutamento a decorrer em Cabo Verde

Portugal tem recrutamento a decorrer em Cabo Verde

A empresa portuguesa de transportes rodoviários Alsa Todi informou esta semana que tem a decorrer o recrutamento de mais 21…