Jornal de Angola abre o ano com críticas renovadas a Portugal

O Jornal de Angola volta a criticar a imprensa portuguesa e em especial o grupo Impresa, liderado por Francisco Pinto Balsemão, pela forma como este grupo continua a tratar e escrever sobre angola.

José Ribeiro, o diretor do jornal estatal, acusa o grupo de comunicação social português de intromissão na forma como Angola e o seu governo lidam com assuntos de soberania, referindo que o grupo português não aceita que Angola seja um país autónomo e independente. José Ribeiro chega mesmo a acusar o grupo “Impresa” de contratar pessoas para falarem e escreverem coisas desatualizadas que não correspondem à realidade atual do país, de uma forma “cega e cheia de antipatia”.

Apesar das críticas o Jornal de Angola ressalva que  tanto o povo como o governo português nada têm a ver com o grupo Impresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola mantém aposta na diplomacia económica

Angola mantém aposta na diplomacia económica

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, reiterou a aposta do Governo na promoção da diplomacia económica. O…
Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

A Investigadora Principal do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), Ana Cristina Santos, acaba de ganhar um…
Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, propõe a criação de um Fundo de Desenvolvimento Local e…
Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin