Angola

Nuno Dala terminou greve de fome

Os serviços prisionais angolanos anunciaram que o ativista Nuno Dala terminou a greve de forme em que se encontrava há já 34 dias.

Nuno Dala, um dos 17 ativistas angolanos acusados e condenados por conspirarem e prepararem uma rebelião contra o regime de Eduardo dos Santos, aceitou terminar a greve de fome em troca da restituição dos seus livros pessoais e de uma quantia de aproximadamente € 250 que lhe tinha sido confiscada pelos serviços prisionais.

Dale encontra-se atualmente na clínica Girassol onde cumpre um programa de re-educação alimentar até poder voltar a alimentar-se normalmente. Os exames clínicos que realizou nesta clínica confirmaram que o seu estado de saúde é bom, atendendo às circunstâncias.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo