África Subsaariana | Lusofonia

Asilo dado a Yahya Jammeh dá má imagem à CPLP

Em declarações à imprensa o secretário-geral do Partido da Convergência para a Social Democracia (PCSD) na Guiné Equatorial (GE), Andrés Esono Ondo, criticou a decisão do governo em ter acolhido o ditador zambiano Yahya Jammeh.

Para o líder do maior partido da oposição do país o acolhimento do ex- presidente da Gâmbia está relacionada com a suspeita de que Yahya Jammeh é detentor de investimentos avultados na Guiné Equatorial. Andrés Ondo e o seu partido imputam as responsabilidade a Teodoro Obiang por tudo aquilo que possa acontecer no país em virtude da permanência que espera que seja curta de Yahya Jammeh.

Andrés Onde considera que a CPLP deveria ter um papel mais interventivo neste caso e exigir ao governo equato-guineense que analisasse a sua posição, uma vez que o asilo dado a Jammeh mancha não só a imagem da Guiné-Equatorial, como de toda a organização.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo