Brasil: Bolsonaro quer decretar o fim da pandemia no país, mas ministério da saúde é contra

O Ministério da Saúde afirmou nesta quarta-feira (30) que não pretende decretar o “fim da pandemia” de Covid-19 no Brasil nos próximos dias. A declaração vai contra a expectativa declarada pelo presidente Jair Bolsonaro, que citou em evento na Bahia que havia estudos para que isso ocorresse até 31 de março.


Em evento em Brasília, representantes da pasta esclareceram que não está na competência do ministério decretar o “fim da pandemia”, mas sim estipular qual a validade do decreto que instituiu o estado de “emergência sanitária nacional” por causa da Covid-19, em fevereiro de 2020.

A declaração de pandemia foi feita em 11 de março de 2020 pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Depois disso, países regulamentaram leis para determinar como seria o enfrentamento à doença. 

No Brasil, a lei 13.979/2020 – que trata de medidas contra a Covid – estipula que um “ato do Ministro de Estado da Saúde disporá sobre a duração da situação de emergência de saúde pública” sobre o qual trata a legislação.

Para decretar o fim da emergência pública, segundo Queiroga, é preciso que ao menos três fatores estejam contemplados. Além disso, o ministro ressaltou que Bolsonaro pediu “prudência” na análise da questão. 

“Precisamos analisar o cenário epidemiológico que, felizmente, cada dia ruma para um controle maior, com queda de casos sustentada na última quinzena, queda de óbitos. A segunda condição é a estrutura do nosso sistema hospitalar, sobretudo das UTIs. O terceiro ponto é ter determinados medicamentos que podem ter ação eficaz no combate à Covid-19 na sua fase inicial para impedir que essa doença evolua para a forma grave”, explicou o ministro.

Carlos Vasconcelos 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Acompanhar os que vivem nos lugares mais remotos dos Andes é um desafio no Peru

Acompanhar os que vivem nos lugares mais remotos dos Andes é um desafio no Peru

Na Diocese de Tacna e Moquegua, que cobre uma vasta área na região do Altiplano, entre os Andes e o…
Cabo Verde: Júlio Correia solicita desfiliação do PAICV

Cabo Verde: Júlio Correia solicita desfiliação do PAICV

O militante de longa data do Partido Africano da Independência de Cabo Verde, PAICV, Júlio Correia, solicitou a sua imediata…
Namíbia: Governo e UNICEF vão promover acesso gratuito à internet nas escolas

Namíbia: Governo e UNICEF vão promover acesso gratuito à internet nas escolas

Duas mil e duas escolas estão mapeadas para beneficiar do Projecto Giga do Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF)…
Artista plástico Miranda Brito expõe "Tramitações de Vidas" até ao final do mês

Artista plástico Miranda Brito expõe "Tramitações de Vidas" até ao final do mês

O artista plástico Miranda Brito expõe, na Biblioteca Municipal de Setúbal, “Tramitações de Vidas”. A exposição, inaugurada no passado dia…