Ambiente e Sustentabilidade motivaram diálogo político virtual entre União Europeia e Brasil

 

Responsáveis pelo Brasil e pela União Europeia (UE) discutiram a Dimensão Ambiental do Desenvolvimento Sustentável, durante reunião pela Internet, no último dia 16, no âmbito do oitavo Diálogo Político de Alto Nível Brasil-UE. De acordo com fontes, “as discussões foram frutíferas e cobriram as principais questões ambientais de interesse comum”.

“Ambas as partes concordaram sobre a importância em se manter intercâmbio permanente de opiniões e sobre a necessidade de identificar outras áreas concretas de cooperação bilateral futura no campo da sustentabilidade ambiental e questões relacionadas”, frisou o Itamaraty, órgão do governo brasileiro ligado ao Ministério das Relações Exteriores do país.

A reunião possibilitou que fossem tratados os principais aspetos ambientais das relações bilaterais e multilaterais, com especial destaque para biodiversidade, florestas, temas de água e tratamento de resíduos.

Foram elencados três tópicos centrais durante o Diálogo: (1) Biodiversidade, bioeconomia, gestão sustentável dos recursos naturais, florestas e os seus desafios; (2) Economia circular, no contexto de padrões de produção e consumo sustentáveis, e eficiência de recursos e (3) Cooperação bilateral em água e saneamento básico.

Segundo apurámos, esse Diálogo integra uma lista de contatos e canais de cooperação mantidos entre o Brasil e a UE em questões de meio ambiente e conservação, incluindo a conversa que aconteceu no dia 29 de julho deste ano entre o ministro do Meio Ambiente do Brasil, Ricardo Salles, e o Comissário do Meio Ambiente da UE, Virginijus Sinkevičius, bem como a interação da UE com o Conselho Nacional para a Amazónia Legal.

Nomes de destaque na reunião

Tendo em vista os participantes da UE, o Diálogo foi presidido por Astrid Schomaker, diretora de Desenvolvimento Sustentável Global da Direção-Geral do Meio Ambiente da Comissão Europeia, acompanhada pelo Embaixador Ignacio Ybáñez, chefe da Missão da UE no Brasil. Outros representantes da UE estiveram presentes.

Do lado do Brasil, o Diálogo foi presidido por Leonardo Cleaver de Athayde, diretor do Departamento de Meio Ambiente do Ministério das Relações Exteriores, e acompanhado por Eduardo Lunardelli Novaes, secretário-executivo adjunto do Ministério do Meio Ambiente, bem como por outros representantes desses ministérios e do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin