Brasil: Apesar de algumas ocorrências, eleições decorrem com tranquilidade

Informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil revelaram que 1.420 urnas precisaram ser substituídas em todo o país, número que representa 0,27% do total de urnas utilizadas. Mais de 156 milhões de eleitores participam desta primeira volta das Eleições 2022, quando os eleitores votam para presidente, senador, deputados federal e estadual e governador. Muitas cidades brasileiras contam com filas grandes e com espera de quase duas horas para a votação.

Alguns problemas foram identificados, com pequenos distúrbios nos locais de votação. Boletim divulgado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública do Brasil, há poucos minutos, aponta que 222 crimes eleitorais foram registados pelas forças de segurança em todo o país.

Neste domingo, até às 12h40, a Operação Eleições 2022 registou os seguintes indicadores em todo o país: 15 casos de compra de votos/corrupção eleitoral; 75 ocorrências de boca de urna; nove violações de sigilo do voto; e sete ocorrências de transporte ilegal de eleitores.

Em todo o Brasil, cerca de 500 mil agentes da segurança pública estão mobilizados para garantir a segurança dos brasileiros. Além do grande efetivo, cerca de 70 mil viaturas, três aeronaves e nove embarcações estarão de prontidão em todo o país.

Crime eleitoral em Lisboa

Em Lisboa, a embaixada do Brasil anunciou que a oportunidade para votar não irá terminar às 17h, conforme previsto anteriormente, mas às 20h, “uma vez que há ainda uma fila com cerca de três mil pessoas a espera para votar”.

Na capital portuguesa, um cidadão tentou votar duas vezes, o que fez com que a urna utilizada por este indivíduo ficasse indisponível e fizesse com que o voto, neste momento, aconteça no modelo impresso.

Votos em outros países

Até as 12h deste domingo, eleitoras e eleitores brasileiros em 59 países já haviam encerrado a votação para presidente da República. Porém, a divulgação oficial dos resultados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) só ocorrerá a partir das 17h de Brasília, quando a votação for encerrada em todo o país.

A nossa reportagem teve acesso a alguns números que mostram que Lula soma a maioria dos votos no estrangeiro.

Neste ano, mais de 697 mil eleitores estão aptos a votar no exterior. Eles podem votar somente para presidente da República. O número de eleitores no exterior representa um aumento de 39,21% em relação a 2018, quando ocorreram as últimas Eleições Gerais. A votação ocorre em 181 cidades estrangeiras.

Missões internacionais e Teste de Integridade em Brasília

Zéresima e Teste de Integridade são, segundo o TSE, “dois dos mais importantes instrumentos de auditoria do processo eletrónico de votação” foram acompanhados neste domingo por representantes de missões de observadores internacionais que estão no Brasil para as Eleições 2022.

Segundo apurámos, antes mesmo de a votação começar em Brasília, o grupo acompanhou a emissão da zerésima nas secções eleitorais do Centro de Ensino Fundamental 03, no bairro Asa Sul, em Brasília. Entre 7h e 7h30 do dia da votação, todas as secções eleitorais tiveram de imprimir o documento.

“A zerésima é um relatório, uma espécie de extrato, em papel, que toda urna eletrónica necessariamente emite quando é ligada e que mostra que, na memória da urna, ainda não foi registado nenhuma foto antes de iniciada a votação, ou seja, que há zero voto, daí o nome: zerésima. Após a emissão, ela é assinada e colocada ao lado da porta da secção para transparência do processo.

Na escola visitada, os representantes puderam também acompanhar os primeiros eleitores que votaram e viram de perto como funciona a rotina de votação. Durante a visita, Lorenzo Córdova, conselheiro presidente do Instituto Nacional Eleitoral (INE) do México, ressaltou que quando se discute avanços no processo eleitoral no mundo, a referência é sempre a urna eletrónica e o processo eleitoral do Brasil.

Ígor Lopes

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…
Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

O Governo angolano assegurou nesta quinta-feira, 24 de novembro, que vai entregar a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE)…
Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Segundo a Ministra da Saúde de Cabo Verde, Filomena Gonçalves, desde o início de novembro houve um pequeno aumento dos…
Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

A Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) de Portugal já reconheceu as qualificações académicas de cerca de 100 cidadãos ucranianos desde…