Brasil aposta em parceria estratégica de investimento com Angola

O Brasil quer lançar ainda em 2021 uma parceria estratégica de investimento com Angola. Segundo o embaixador brasileiro no país africano, Rafael Vidal, essa parceria irá focar-se principalmente nos setores da agricultura, infraestruturas e energia de Angola. 

Apesar de não ter avançado uma quantia monetária específica para ser investida nessa parceria, o diplomata avançou que o Brasil tem disponível uma carteira de investimento no valor de três milhões de dólares (2.453.750 euros) para ser usada em vários setores da economia angolana. 

Numa conferência sobre agro-indústria, a mesma fonte reconheceu que o potencial agrícola e energético de angola pode auxiliar no aperfeiçoamento da agro-indústria, através da fomentação da competitividade com outros países. 

Também de acordo com Vidal, os recursos naturais de Angola são um dos motivos que atraem a atenção dos investidores brasileiros, além das reformas económicas levadas a cabo pelo Governo de João Lourenço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo…
Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin