Brasil: Bolsonaro acusado por crimes contra a humanidade por causa das 600 mil mortes por covid-19 no país

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, foi apontado ontem formalmente no relatório final da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) como um dos principais responsáveis pelo agravamento da pandemia de covid-19 no Brasil, que matou mais de 600 mil pessoas no país.

O texto do relator senador Renan Calheiros (MDB-AL) sugeriu que Bolsonaro seja investigado e responsabilizado por nove crimes — entre eles, os previstos no Código Penal, com pena de prisão e/ou multa, crimes contra a humanidade e crimes de responsabilidade, que podem resultar em impeachment.

A Comissão Parlamentar de Inquérito não tem prerrogativa de promover punições, mas pode sugerir indiciamentos para análise e eventual oferecimento de denúncia pelo Ministério Público Federal e pelas demais instâncias competentes. O relatório ainda será votado pelos membros da comissão na semana que vem. É preciso ter maioria simples (seis votos) para que seja aprovado.

Somadas, as punições previstas pelo Código Penal nos crimes comuns imputados a Bolsonaro poderiam chegar a quase 40 anos, em caso de pena máxima. Em hipótese de pena mínima, o mesmo cálculo levaria a pouco mais de 20 anos de detenção.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Angola: Tribunal Constitucional extingue APN e líder recorre

Angola: Tribunal Constitucional extingue APN e líder recorre

O Tribunal Constitucional de Angola extinguiu o partido político Aliança Patriótica Nacional (APN), através de uma carta de solicitação da…
Moçambique: MDM garante que "jamais fará oposição à oposição"

Moçambique: MDM garante que "jamais fará oposição à oposição"

O MDM declarou em conferência de imprensa que está aberto à ideia de fazer uma coligação com os restantes partidos…
Moçambique: Professor e agente da FADM detidos por envolvimento no tráfico de drogas

Moçambique: Professor e agente da FADM detidos por envolvimento no tráfico de drogas

A Polícia da República de Moçambique (PRM) deteve na última semana duas pessoas, Distrito de Namacurra, na província da Zambézia,…
Brasil: atentado a escolas deixa quatro mortos e 13 feridos

Brasil: atentado a escolas deixa quatro mortos e 13 feridos

O estado do Espírito Santo, no Brasil, viu duas das suas escolas serem alvo de atentados, no último dia 25…