Brasil: Cidadãos não estão familiarizados com ameaças terroristas

Nos preparativos para o esquema de segurança para os Jogos Olímpicos Rio 2016, o Ministério da Defesa, a a Polícia Federal e a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), aperceberam-se da falta de familiaridade dos brasileiros com ameaças terroristas, o que preocupa estas entidades, segundo a Agência Brasil.

Após os atentados de novembro em Paris, aumentaram, nas avaliações da Abin, os alertas sobre as ameaças terroristas em grandes eventos desportivos.

Os órgãos brasileiros de defesa, segurança e inteligência resolveram, então, preparar eventos de consciencialização junto dos profissionais que vão lidar diretamente com o público durante os Jogos, como funcionários da rede hoteleira, taxistas e seguranças privados de centros comerciais, entre outros, para que saibam identificar situações de risco e agir adequadamente.

“O objetivo é passar para essas audiências uma informação mais qualificada. Queremos sensibilizar, para que as pessoas tomem de imediato uma atitude perante uma ameaça”, disse o general Mauro Sinott Lopes, responsável pelo Comando Conjunto de Combate ao Terrorismo das Forças Armadas.

Chamados de Estágio de Percepção de Ameaças Terroristas, os eventos já ocorreram no Rio de Janeiro e em São Paulo e serão realizados também em Belo Horizonte, Salvador e Manaus, todas cidades em que serão disputadas partidas do futebol olímpico.

A Abin está preocupada com a ação de indivíduos solitários, que possam ser contaminados pela ideologia radical de grupos radicais e decidam agir por conta própria durante os Jogos Olímpicos.

 

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: MpD congratula-se com distinção de país africano mais livre

Cabo Verde: MpD congratula-se com distinção de país africano mais livre

O Movimento para a Democracia (MpD) regozijou-se nesta segunda-feira, 30 de janeiro, pelo facto de Cabo Verde ter recebido a…
Moçambique: Nyusi dirige abertura oficial do ano letivo

Moçambique: Nyusi dirige abertura oficial do ano letivo

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, vai dirigir a abertura oficial do ano letivo nesta quarta-feira, 01 de fevereiro. …
Timor-Leste e ASEAN traçam linhas de adesão em Jacarta

Timor-Leste e ASEAN traçam linhas de adesão em Jacarta

O Governo timorense informou nesta terça-feira, 31 de janeiro, que Timor-Leste e os países-membros da Associação de Nações do Sudeste…
Angola: BD elege novo vice-presidente

Angola: BD elege novo vice-presidente

O Conselho Nacional do Bloco Democrático (BD) elegeu Nelson Guerra Pestana para vice-presidente do partido. Justino Pinto de Andrade deixa…