Brasil | Moçambique

Brasil condena ataques terroristas em Moçambique

Presidente brasileiro Jair Bolsonaro
Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro

O Governo brasileiro condenou “veementemente os ataques terroristas” que têm acontecido frequentemente na província moçambicana de Cabo Delgado. Foi através de um comunicado divulgado nesta segunda-feira, 16 de novembro, que manifestou solidariedade ao povo e Executivo de Moçambique. 

“O Governo brasileiro deplora e condena veementemente os ataques terroristas ocorridos, nas últimas semanas, no extremo norte de Moçambique, na província de Cabo Delgado, que vitimaram dezenas de cidadãos daquela região, declarou o Ministério das Relações Exteriores através do documento. 

Ao expressar condolências às famílias das vítimas, o Governo brasileiro manifesta solidariedade ao povo e ao Governo de Moçambique, país com o qual compartilhamos fortes e históricos laços culturais e linguísticos”lê-se ainda. 

Foi então reafirmado o “firme repúdio a toda e qualquer forma de terrorismo, independentemente de sua motivação”. O país americano garantiu a sua “determinação em trabalhar com todos os parceiros internacionais para erradicar esse flagelo”. 

Recorde-se que Cabo Delgado é atacado desde outubro de 2017. Alguns dos grupos armados têm sido reivindicados pelo grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico, mas origem dos mesmos ainda permanece em debate. 

Esta é considerada a pior crise humanitária na história de Moçambique, tendo já resultado em cerca de duas mil mortes e mais de 435 mil deslocados.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo