Brasil | Segurança

Brasil: Confrontos entre facções criminosas rivais cria situação crítica no Amazonas

Comando Vermelho (Arquivo)

Durante um encontro promovido por juízes federais entre a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e a Polícia Federal (PF) foi destacada a situação critica no Amazonas, devido à multiplicação dos confrontos entre as organizações criminosas Comando Vermelho (CV) e a Família Do Norte (FDN).

Um dos indícios mais alarmantes, avançado à Folha de S. Paulo pelo delegado da PF Alexandre Custódio, é o crescente contrabando de armas dos países vizinhos para o Brasil. “Nos últimos anos houve aumento considerável de casos de tráfico de armas, especialmente fuzis e pistolas, munições em grandes carregamentos. Em 2017 e 2018, aumentou o contrabando de armas de origem norte-americana”, precisou o delegado referindo que tem sido registado também um intenso tráfego de aviões de pequeno porte entre Bolívia, Paraguai, Peru e Brasil, que revela que as facções criminosas rivais estão cada vez mais, e continuamente, armadas.

No entanto, para a PF a facção FDN está a perder força, consequência da Operação La Muralla, que arrancou em 2015 e que levou à detenção dos seus principais líderes, mas também devido ao início dos confrontos com o Comando Vermelho, organização que tinha sido um aliado circunstancial da Família Do Norte.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo