Brasil: Congresso rejeita proposta do voto imprenso

Os membros da Câmara dos Deputados do Brasil votaram contra a proposta do presidente Jair Bolsonaro para alterar o sistema de votação do país, apesar de uma exibição incomum de equipamentos militares pelas forças armadas esta semana.

A intimidação aconteceu horas antes de os legisladores votarem na terça-feira uma emenda constitucional apoiada por Bolsonaro.

A Câmara dos Deputados do Brasil rejeitou a proposta com 229 votos a favor, 218 contra e 1 abstenção, com dezenas de parlamentares ausentes. A votação caiu 79 votos abaixo da maioria de três quintos necessária para aprovar uma emenda constitucional.

A Marinha disse que o desfile foi planeado muito antes da votação na Câmara dos Deputados ser marcada e tinha como objetivo convidar o presidente para um exercício militar anual no domingo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin