Brasil: Exército contraria Bolsonaro e edita resolução proibindo divulgação de fake news pelos militares

A divulgação de notícias falsas foi um ponto que recebeu atenção especial na última diretriz do Exército para enfrentar a pandemia da covid-19. No documento, assinado pelo comandante da força, general Paulo Sérgio de Oliveira, fica vedada para militares da força terrestre a “difusão de mensagens em redes sociais sem confirmação da fonte e da veracidade da informação”.

Além de vedar a divulgação de fake news, a diretriz determina que os militares orientem os seus familiares a adotar o mesmo padrão. As medidas de controlo de informações falsas são parte do esforço do Exército em retomar a plena atividade presencial da força, que mantém um sistema híbrido de funcionamento desde o início da pandemia.

Na diretriz, o comandante associa a possibilidade de retorno presencial da força ao avanço da cobertura vacinal contra a covid-19 no Brasil.

Ao contrário do que defende o presidente Jair Bolsonaro, a vacinação completa passa a ser exigida aos militares que retornam do teletrabalho com pelo menos 15 dias de antecedência, ficando o Departamento-Geral do Pessoal responsável por avaliar a situação de militares não-vacinados.

Carlos Vasconcelos – Correspondente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Os trabalhadores timorenses na Coreia do Sul já enviaram para Timor-Leste, de 2009 a 2021, cerca de 39 milhões de dólares…
Cabo Verde: Plano Nacional de Habitação investe 1.500 ME até 2030

Cabo Verde: Plano Nacional de Habitação investe 1.500 ME até 2030

O Plano Nacional de Habitação de Cabo Verde estima um investimento de 1.500 milhões de euros até 2030. De acordo com a estimativa do referido…
Angola tem autossuficiência em seis produtos alimentares

Angola tem autossuficiência em seis produtos alimentares

O Governo angolano divulgou que o ananás, a banana, a batata-doce, a carne de cabrito, a mandioca e os ovos são os produtos que alcançaram a autossuficiência no país.  Isto…
Moçambique: Época chuvosa condiciona estradas e pontes na zona sul e centro do país

Moçambique: Época chuvosa condiciona estradas e pontes na zona sul e centro do país

A Administração Nacional de Estradas, ANE, IP. lançou dia 12 de janeiro alerta de que distrito de Phafuri, na Provincia…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin