Brasil: Maioria dos partidos permite aos filiados decidirem entre Bolsonaro e Haddad

Os partidos políticos menos votados na primeira volta das eleições presidenciais brasileiras, realizada no domingo, 07 de outubro, têm que decidir quem irão apoiar no dia 28 de outubro, data em que ocorrerá a segunda volta para se saber quem será o Presidente do Brasil.

As escolhas recaem entre o candidato do Partido Social Liberal (PSL), Jair Bolsonaro, que conquistou 46% dos votos, e seu rival Fernando Haddad, líder do Partido dos Trabalhadores (PT), que ficou em segundo lugar ao obter 29,3%.

De acordo com o jornal “O Globo”, a maioria dos principais partidos do Congresso vai deixar que os seus filiados decidam se querem apoiar Bolsonaro ou Haddad. Entre os partidos neutros encontram-se o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), o Partido Progressista (PP), o Partido da República (PR), o Democratas (DEM) e o Partido Novo.

No caso do Partido Socialista Brasileiro (PSB), este decidiu optar por Haddad, mas permite que os seus candidatos de São Paulo e do Distrito Federal possam escolher o candidato que preferem. Já o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), de Roberto Jefferson, declarou apoio formal ao PSB, optando também por Haddad.

Recorde-se que em 2014 apenas um partido optou por ficar neutro na segunda volta entre Dilma Rousseff e Aécio Neves, tendo este sido o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), que teve Luciana Genro como candidata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Moco diz que MPLA receia enfrentar Costa Júnior

Angola: Moco diz que MPLA receia enfrentar Costa Júnior

O ex-primeiro-ministro angolano e militante do MPLA, Marcolino Moco, afirmou que o partido no poder, tal como o líder João…
Moçambique quer fortalecer cooperação com STP na Educação

Moçambique quer fortalecer cooperação com STP na Educação

A Embaixadora de Moçambique em São Tomé e Príncipe, Osvalda Joana, partilhou a vontade do país que representa em reforçar…
Cabo Verde: PAICV quer vencer as seis câmaras municipais de Santiago Norte em 2024

Cabo Verde: PAICV quer vencer as seis câmaras municipais de Santiago Norte em 2024

A presidente da Comissão Política Regional do PAICV em Santiago Norte, Carla Carvalho, afirmou que o “grande desafio” do mandato…
Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

O ministro da Educação em Portugal, Tiago Brandão Rodrigues, reafirmou nesta sexta-feira, 11 de março, que as escolas portuguesas estão preparadas…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin