Brasil: Manifestações pedem intervenção militar e encerramento da corte suprema 

Manifestações incentivadas pelo presidente Jair Bolsonaro voltaram a desafiar as instituições brasileiras, especialmente o parlamento e o Supremo Tribunal Federal (STF).

Os atos ocorreram em nome das comemorações do dia 1º de Maio, Dia do Trabalhador, mas durante a sua ocorrência foi reivindicada intervenção militar e encerramento da corte suprema (STF). As manifestações pró-governo foram convocados por parlamentares bolsonaristas que alegaram serem atos pela liberdade de expressão.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), denunciou o evento, a que chamou de “anomalias graves que não cabem em tempo algum”. O comentário do senador foi publicado na rede social Twitter na noite do domingo. Também na avaliação do parlamentar, esses atos ofuscam “a essência da data” que marca o Dia do Trabalhador.

Durante o protesto na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, na Avenida Paulista, em São Paulo, foram levantadas faixas a pedir a destituição de ministros do Supremo. Noutros cartazes os manifestantes pediam a “criminalização do comunismo”. 

Carlos Vasconcelos – Correspondente 
Fonte: Congresso em Foco Insider 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Cabo Verde: Estudantes de Santa Catarina recebem formação sobre o processo de vistos para estudos em Portugal

Cabo Verde: Estudantes de Santa Catarina recebem formação sobre o processo de vistos para estudos em Portugal

Estudantes de Santa Catarina receberam uma formação ministrada pela Associação Cabo-verdiana de Sines e Santiago do Cacém, ACSSC, sobre vistos…
Moçambique: PRM e Serviços de Saúde já funcionam no distrito de Quissanga

Moçambique: PRM e Serviços de Saúde já funcionam no distrito de Quissanga

No distrito de Quissanga, província de Cabo Delgado, já foi reabilitado Comando Distrital da PRM e também já estão em…
Moçambique: Mais um contributo português para o sector da educação em Cabo Delgado

Moçambique: Mais um contributo português para o sector da educação em Cabo Delgado

Com apoio da organização não-governamental portuguesa Helpo, a província de Cabo Delgado, conta desde 28 de abril, com mais seis…
Revista de Imprensa Lusófona de 02 de maio de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 02 de maio de 2022

No Brasil “O Globo” tem em manchete “Aliados dizem que Bolsonaro foi ‘prudente’ em atos contra o STF [Supremo Tribunal…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin