Brasil: Parlamento Europeu condena Bolsonaro por ataques contra a democracia no país

O Parlamento Europeu aprovou nesta quinta-feira, (19/01), por ampla maioria, uma resolução condenando os ataques golpistas contra a democracia brasileira, apontando para a responsabilização do ex-presidente Jair Bolsonaro, diante da situação do país. A informação foi adiantada pelo UOL, que acompanhou a votação.

O texto do Parlamento Europeu foi aprovado por 319 deputados, mas não tem o poder de lei. No entanto, amplia o isolamento internacional de Bolsonaro e cria um constrangimento político sobre qualquer membro da Europa que possa avaliar acolhê-lo. Foram 46 votos contrários e 74 abstenções.

Para observadores estrangeiros, a decisão ainda é uma primeira iniciativa para lidar com o que muitos no legislativo chamam de “internacionalização” da extrema direita e sua capacidade de minar a democracia. 

Deputados europeus indicam que tanto Donald Trump como Jair Bolsonaro “tiveram um papel instrumental” nos ataques contra o Capitólio e contra Brasília, respectivamente.

O texto “lamenta as tentativas do ex-presidente Bolsonaro e de alguns de seus apoiadores políticos de desacreditar o sistema de votação e as autoridades eleitorais, apesar de não haver evidência de fraude eleitoral, e insta-os a aceitar o resultado democrático das eleições”.

Carlos Vasconcelos – Correspondente 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Estudo com 4 245 psiquiatras da Europa sobre o estigma associado à doença mental na prática clínica apresenta primeiros resultados

Estudo com 4 245 psiquiatras da Europa sobre o estigma associado à doença mental na prática clínica apresenta primeiros resultados

A promoção de uma cultura laboral que inclua iniciativas anti-estigma e a integração destas ações nos programas de formação em…
Moçambique: População ainda se mantém no posto administrativo de Mucojo apesar da ordem de evacuação

Moçambique: População ainda se mantém no posto administrativo de Mucojo apesar da ordem de evacuação

Ainda há população nas aldeias do posto administrativo de Mucojo, distrito de Macomia, apesar de ter sido decretada a evacuação…
Moçambique: Terroristas atacam Quissanga – sede e ilha Quirimba, em Ibo

Moçambique: Terroristas atacam Quissanga – sede e ilha Quirimba, em Ibo

O último fim-de-semana foi marcado por mais uma investida dos grupos terroristas, no distrito de Quissanga e na ilha Quirimba,…
Cabo Verde: Perfil do candidato Aquilino Varela

Cabo Verde: Perfil do candidato Aquilino Varela

Aquilino Varela é um educador, analista político e defensor apaixonado do desenvolvimento comunitário. Nascido e criado em Gil Bispo, Santa…