Brasil: Português Alexandre Mendes é candidato a deputado estadual no Brasil

Alexandre José de Oliveira Paulo Mendes tem 45 anos de idade e é natural de Portugal, apesar de viver hoje no Brasil, mais precisamente em Vila Velha. É candidato, pelo partido Patriota, a Deputado Estadual pelo estado do Espírito Santo. Entrevistamos este responsável que visa demonstrar a importância da ligação entre Portugal e Brasil no estado onde atualmente reside.

Em que consiste a sua candidatura?

Pretendo continuar o trabalho já exercido no Espírito Santo desde 2013, implantando a cultura e a presença portuguesa em várias áreas.

Em que pontos pretende atuar, se eleito?

Quero apostas no Turismo, na Cultura, no Agro, na Educação de Inclusão Socia e no Desporto.

O que pode ressaltar na sua campanha que traga benefícios para a população?

A geração de emprego e de renda sempre são os grandes focos políticos, porém, o turismo no Espírito Santo está longe de ser uma realidade prática. Pretendo abrir as portas do Estado a portugueses, criar roteiros turísticos, especialmente para quem vem de fora, desenvolver a riqueza que já existe no Estado, mas nunca foi uma aposta dos governos. O desenvolvimento será uma consequência natural. Intercâmbios serão realizados.

Neste momento, dez alunos do Instituto Federal do Espírito Santo estão a caminho de Portugal para um semestre onde tive o prazer de ajudar com a elaboração dos documentos, diálogos entre as duas entidades escolares, vistos e etc. Irei levar a maior feira agro do Espírito Santo para expor em Portugal e o caminho inverso também será realizado.

Já, desde 2021, que estou em conversas com os perfeitos dos municípios capixaba e português para que em 2023 seja uma realidade. Projeto de inclusão social para o autismo será uma aposta, projeto piloto de Portugal será aplicado e adaptado ao Espírito Santo para combater esta enorme deficiência e falta de atendimento. São vários projetos em mente que elevarão o Espírito Santo a outro patamar e visibilidade.

Como avalia a política nacional atualmente?

Essa polarização não ajuda o país. É muita tristeza ver um país de 220 milhões de pessoas se resumir a dois candidatos e de extremos. Se eu sou apoiante de esquerda, sou ladrão e corrupto, já se apoio o outro lado, sou homofóbico e genocida. Acho que uma terceira via com capacidade de diálogo, discurso coerente e verdadeiramente democrático seria o ideal.

Qual a sua interação com a comunidade portuguesa?

Desde 2009 que defendo todos os interesses lusos no Espírito Santo. Criei e fundei a APES – Associação de Portugueses do Espírito Santo, estou como presidente pelo terceiro mandato.

Quem é Alexandre José de Oliveira Paulo Mendes?

Melhor do que falar será ver e tudo está nas minhas redes sociais. Mas, hoje, me orgulho de ter realizado vários eventos culturais, entre eles, a primeira Sardinhada no Espírito Santo em 2018, a primeira Noite de Fados em 2019, a restauração do monumento que representa as cidades irmãs Vitória/Cascais, que estava abandonado há anos na capital.

Escrevi o projeto de lei estadual que decreta o dia 10 de Junho como “Dia da Comunidade Luso-Capixaba”, já aprovado e publicado em Diário Oficial. Acabei de aprovar, também no município de Vila Velha, e seguirá para outros. Sou próximo ao atual cônsul-honorário no Espírito Santo e as suas atividades, e também do presidente da Câmara de Comércio, criada em 2019, em parceria e com projetos. Desde então, foram já criados dois ranchos folclóricos se juntando a um mais antigo que havia sido extinguido na década de 1990 e que ajudei a fazer renascer em 2017.

Nunca se falou tanto sobre Portugal no Espírito Santo como agora, mas quero mais, muito mais. Como académico, fiz artes e terminei, em 2001, passando três anos pela Escola de Jazz do Porto e lecionei até 2008 numa escola de música particular em Portugal.

Ígor Lopes

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…
Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

O Governo angolano assegurou nesta quinta-feira, 24 de novembro, que vai entregar a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE)…
Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Segundo a Ministra da Saúde de Cabo Verde, Filomena Gonçalves, desde o início de novembro houve um pequeno aumento dos…
Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

A Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) de Portugal já reconheceu as qualificações académicas de cerca de 100 cidadãos ucranianos desde…