Brasil quer ajudar Moçambique no combate ao terrorismo

O Governo brasileiro anunciou que está “disposto a cooperar” com Moçambique para o fortalecimento das forças moçambicanas no combate ao terrorismo na província de Cabo Delgado. A informação foi avançada pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil, através do Twitter. 

Nessa rede social foram partilhadas fotografias de um encontro entre o chefe da diplomacia brasileira, Carlos França, e a ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, Verónica Macamo. A reunião decorreu à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque. 

“Moçambique é um dos principais parceiros de cooperação técnica do Brasil. Os ‘chanceleres’ conversaram sobre comércio e investimentos, cooperação em saúde e coordenação em órgãos multilaterais”, pode ler-se na publicação feita no Twitter. 

“Símbolo dessa relação benéfica a nossos povos foi a doação brasileira de 100 mil euros ao Programa Mundial de Alimentos em Moçambique, em junho último, com o objetivo de fortalecer a segurança alimentar na província de Cabo Delgado”, acrescenta o ministério. 

Apesar de a comitiva do Presidente brasileiro Jair Bolsonaro já ter regressado ao Brasil depois de participar na 76.ª Assembleia Geral das Nações Unidas, o governante Carlos França continuou nos Estados Unidos da América. Houve igualmente reuniões com governantes do Peru, com quem discutiu a cooperação no combate à pandemia da Covid-19, incluindo a produção local de vacinas e campanhas de vacinação na Amazónia, e da Costa Rica, que resultaram num memorando de entendimento sobre o estabelecimento de mecanismo de consultas políticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin