Brasil: Santuário Cristo Redentor arrecadou mais de 15 toneladas em doações para o Rio Grande do Sul

O Santuário Arquidiocesano Cristo Redentor, localizado num dos cartões postais mais famosos do mundo, no morro do Corcovado, no Rio de Janeiro, Brasil, arrecadou mais de 15 toneladas em doações para o Rio Grande do Sul.

A campanha social “Cristo Redentor SOS Rio Grande do Sul” está ativa há apenas uma semana e funciona em colaboração com o Instituto Redemptor e a Paróquia São José da Lagoa. Até agora, foram arrecadados água, alimentos, roupas e brinquedos, visando “atender às necessidades emergenciais das pessoas que residem no estado gaúcho”.

Para Sílvia Gonzaga, coordenadora do Setor Cristo Sustentável do Santuário, responsável pelas ações sociais, “esta iniciativa representa mais do que simplesmente enviar ajuda material. É um gesto de compaixão e solidariedade para com aqueles que enfrentam dificuldades, especialmente em tempos de crise”.

Gonzaga enfatiza a “importância de unir esforços para oferecer suporte às comunidades em situação de calamidade, destacando o compromisso do Santuário e da Paróquia em promover o bem-estar e a dignidade humana”.

Foto enviada pelo correspondente

As doações enviadas pelo Santuário Cristo Redentor e pela Paróquia São José da Lagoa contam também com a parceria da Força Aérea Brasileira (FAB), que realiza o transporte até ao sul do país.

O Santuário Cristo Redentor continua a receber doações fisicamente na Paróquia São José da Lagoa na Avenida Borges de Medeiros, 2735, Lagoa, dando prioridade para água, alimentos, produtos de higiene e limpeza e através da plataforma “Cristo Redentor SOS Rio Grande do Sul” no site www.institutoredemptor.com/sos

Dados recentes da Defesa Civil do Estado do Rio Grande do Sul mostram que o número de mortes provocadas pelas enchentes voltou a subir, totalizando 151 óbitos. O número de municípios atingidos pela tragédia chegou a 458. O número de pessoas afetadas pelos temporais também subiu. Cerca de 2,2 milhões de moradores do Estado foram atingidos.

O número de pessoas que procuraram abrigo ultrapassou os 77 mil, desde o início das chuvas, no final de abril, e, nas últimas horas, mais 619 pessoas recorreram a abrigos montados no estado.

Ígor Lopes

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: Olavo Correia é reconhecido como Melhor Ministro das Finanças em África

Cabo Verde: Olavo Correia é reconhecido como Melhor Ministro das Finanças em África

Olavo Correia, o vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças de Cabo Verde, foi reconhecido como o melhor Ministro das Finanças em…
Tanzânia vai acolher pela primeira vez a Cimeira africana das Pescas 

Tanzânia vai acolher pela primeira vez a Cimeira africana das Pescas 

A capital de Tanzânia, Dar-es-salam, vai acolher pela primeira vez, de 5 a 7 de Junho próximo a Cimeira Africana…
Angola e Vietname querem aumentar nível de cooperação

Angola e Vietname querem aumentar nível de cooperação

Angola e o Vietname têm como objetivo aumentar o quadro de cooperação bilateral na área da economia, além de quererem…
Moçambique: Angoche vai ter novo porto de pescas a partir de julho

Moçambique: Angoche vai ter novo porto de pescas a partir de julho

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, anunciou que Angoche vai passar a contar com um novo porto a…