Brasil | Crise

Comissão de ‘Impeachment’ abre formalmente processo de destituição de Dilma Rousseff

A ‘Comissão de Impeachment’ votou favoravelmente o parecer do deputado Jovair Arantes que recomendava a abertura do processo de destituição da presidente Dilma Rousseff, com 38 votos a favor e 27 contra.

Deste modo, teve inicio formalmente o processo de destituição da presidente, cujo próximo episódio terá lugar no próximo domingo com uma votação no Congresso que necessitará de reunir 2/3 dos deputados para que a destituição possa ser analisada em última sede no Senado.

Os deputados afetos ao PT e a Dilma Rousseff, apesar da derrota, encontraram razões para otimismo uma vez que o número de deputados favoráveis à abertura do processo não atingiu os 2/3 dos 65 membros da Comissão, o que permite acalentar a esperança que o mesmo venha a acontecer na votação do próximo domingo.

Do lado da oposição a Dilma Rousseff, a confiança que a ainda presidente do Brasil tem os dias contados é total, uma vez que todos os indicadores apontam para uma maioria no Congresso favorável à sua destituição será mais ampla do que na Comissão.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo