América Latina | Brasil

Cuba apoia Dilma Rousseff e Nicolás Maduro

O presidente de Cuba, Raúl Castro, apoiou a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, e o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, devido às dificuldades que ambos enfrentam – o processo político de cessação de mandato e a recente derrota nas urnas, respectivamente.

Numa mensagem lida por ocasião do encerramento do período legislativo, Castro apoiou os dois presidentes de esquerda, que também enfrentam graves problemas económicos.

O líder cubano solidarizou-se com Dilma Rousseff na “batalha” travada para evitar uma eventual impugnação de mandato.

“No Brasil, a oligarquia não poupa esforços para tentar derrubar a presidente Dilma Rousseff, mediante um golpe parlamentar. Que cheguem a ela e ao povo brasileiro a nossa solidariedade e apoio na batalha que se trava em defesa dos avanços sociais e políticos” do Partido dos Trabalhadores, afirmou Castro.

Castro também apoiou Nicolás Maduro, o maior aliado político e económico de Cuba, depois da recente derrota nas urnas, na qual o governo perdeu o controlo do Parlamento.

“Ao reiterar a solidariedade de Cuba (…), convocamos a mobilização internacional em defesa da soberania e da independência da Venezuela e para que acabem os atos de intromissão nos seus assuntos internos”, frisou.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo