Farmacêutica brasileira produz primeiro lote da vacina russa para covid-19

A empresa farmacêutica brasileira União Química concluiu a produção do primeiro lote da vacina Sputnik com ingredientes tecnologia fornecidos pela Rússia, informou hoje, quinta feira, a empresa.

A vacina, que não tema aprovação para ser utilizada no brasil deverá ser agora exportada para países vizinhos da América do Sul.

O Instituto Gamaleya de Moscovo, que desenvolveu a vacina, fez o controlo de qualidade dos ingredientes utilizados que foram colocados em frascos e embalados para embarque – processo conhecido como fill and finish – na fábrica da União Química, em Guarulhos, na cidade de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo…
Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin