Brasil | Economia

Governo apresenta medidas para limitar despesas públicas

O governo brasileiro apresentou um plano para limitar o crescimento dos gastos públicos, considerado como o problema nº 1 das contas brasileiras. Assim, a objetivo é restringir o crescimento do tamanho do Estado brasileiro e, para isso, é preciso emendar a Constituição.

A medida considerada mais importante, que é a de limitar os gastos, precisa de uma alteração na Constituição, e a tramitação é mais longa, o quórum é alto, e precisa de duas votações na Câmara e no Senado, para ser aprovada.

Durante uma reunião, Michel Temer explicou as propostas económicas aos partidos aliados antes de apresentar à imprensa. Mas, além disso, pediu aos líderes a responsabilidade pela aprovação do que o governo considera importante para o país, como a mudança da meta fiscal, por exemplo.

Quem também esteve na reunião foi o ex-ministro do Planeamento, senador Romero Jucá, que teve que deixar o governo na segunda-feira depois da divulgação de conversas em que ele fala sobre intervenções para tentar barrar a Operação Lava Jato. Temer defendeu as investigações, mas não citou a Lava Jato.

Temer promete ainda mudanças, como a reforma da previdência, mas o presidente em exercício já recuou, por exemplo, na redução dos ministérios. Por exemplo, voltou com o Ministério da Cultura, depois da pressão dos artistas. O ministro tomou posse na terça-feira.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo