Moçambique e Brasil na lista de 50 países ou territórios mais violentos

O Brasil e Moçambique integram a lista dos 50 países ou territórios com os maiores níveis de conflito violento no mundo, divulgado pelo Projeto de Localização de Conflitos Armados e Dados de Eventos, com o 6.º e 45.º lugar, respetivamente.  

Os dois países são os únicos Estados lusófonos que integram a lista da organização não-governamental com sede nos Estados Unidos. Moçambique melhorou oito posições face à classificação anterior, já o Brasil mantém o lugar do relatório anterior.

Os três níveis considerados pelo Projeto de Localização de Conflitos Armados e Dados de Eventos são “Extremo”, “Turbulento”e “Elevado”. Enquanto Moçambique é caracterizado como um país “Turbulento”, o sexto lugar do Brasil coloca-o na classificação de “Extremo”, marcado pelos conflitos desencadeados pelo crime organizado e confrontos violentos com as forças policiais e autoridades locais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Colapso de edifício perto de Beirute faz 4 mortos

Colapso de edifício perto de Beirute faz 4 mortos

Esta segunda-feira à noite, um edifício residencial na zona de Choueifat, sul de Beirute, desabou, fazendo 4 mortos e 4…
Moçambique: Plano de Emergência contra a SIDA sofre corte dos Estados Unidos da América

Moçambique: Plano de Emergência contra a SIDA sofre corte dos Estados Unidos da América

O Congresso norte-americano decidiu não renovar o seu apoio ao Plano de Emergência contra a SIDA, um dos principais programas…
Angola permite entrada a funcionários da UA sem visto

Angola permite entrada a funcionários da UA sem visto

Angola e a União Africana (UA) assinaram nesta segunda-feira, 19 de fevereiro, um acordo sobre isenção de visto para passaporte…
Moçambique integra lista dos países prioritários para cooperação espanhola

Moçambique integra lista dos países prioritários para cooperação espanhola

O diretor-geral da Agência Espanhola para a Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID), Anton Leis Garcia, partilhou que Moçambique vai…